quarta-feira, 29 de maio de 2013

Você gosta de alcachofra?



Hoje em dia, muito mais do que a vinte anos atrás, temos a preocupação com a nossa saúde, que está relacionada com tudo o que comemos e o que fazemos todos os dias.

O importante é conhecermos todos os alimentos e tirarmos proveito de todas as suas propriedades, porque a natureza nos apresenta remédio para todos os nossos males, nós é que não sabemos aproveitar tudo o que a terra nos oferece.

Acredito que muitas pessoas não têm como hábito comer alcachofra, mas poderão adquiri-lo, sabendo de todas as suas propriedades e assim se deliciar com o seu sabor.

Encontramos na alcachofra, muitas propriedades :fósforo, potássio, vitamina C,B1, B3 e ainda sódio e cálcio.

Sendo assim, ela é além de tudo, depurativa, tônica, desintoxicante, diurética, tônica e ainda hipoglicemiante.

Além de ser indicada pelos especialistas para melhorar a celulite, baixar o mau colesterol, ela é ótima para quem tem arteriosclerose, diabetes, gota e doenças do fígado.

A alcachofra tem o poder de melhorar o funcionamento do fígado, porque ele aumenta a secreção biliar e ainda é diurético.

Para quem quer emagrecer e acredito que 90 % das pessoas hoje em dia gostariam de perder peso, nada melhor do que comer alcachofra.

Ela melhora as funções do fígado, porque tem Cinarina, que aumenta a secreção biliar.

A alcachofra tem também inulina, que é o conhecido hidrato de carbono, que depois de ser metabolizado dentro do nosso organismo, não é necessário mais insulina.

Apesar da alcachofra parecer não oferecer muito para saciar a fome, porque na verdade o que mais encontramos para comer é o seu miolo, ou seja sua base, ela nos dá uma sensação de saciedade.

Com isso acontecendo no nosso organismo e com a participação de uma grande quantidade de fibras que ela contém, favorece automaticamente o bom funcionamento do nosso intestino, ajudando ainda mais no emagrecimento.

Ao eliminar as toxinas, automaticamente torna-se diurética, melhorando toda a nossa circulação, ajudando assim a ficarmos muito mais saudáveis.

Ela tem indicação dos especialistas da área da saúde como sendo ótima, não só para diabéticos, como também para hemorroida, próstata, inflamações rebeldes, uretrite, nefrite, anemia, arteriosclerose, hepatite, etc.

Para cozinhar basta cortar em quatro, tirar os cabelinhos da base e temperar bem com todos os temperos que você gostar mais, porque todas as ervas tem nutrientes importantes, portanto além delas, use alho, cebola, pouco sal e água.

Depois de cozida, quando as folhas já estiverem se soltando tire-a da água, regue com azeite e bom apetite!

Um comentário:

  1. Vou tentar fazer mais vezes!! Gostei do seu artigo!

    ResponderExcluir